MEU PAI

4 de janeiro de 2016

E ASSIM FOI FEITA A VONTADE DE DEUS!
PAPAI FOI PRO CÉU EM 24/12/2015 ás 10:20 hs da Manhã, onde continuará com aquele sorriso lindo que jamais esqueceremos! !!
Pai você foi e será pra sempre o homem da minha vida, meu Herói!

Te amarei ETERNAMENTE!

Um dia nos encontraremos!

DESCANSE EM PAZ, porque de agora em diante: DEUS continuará esta missão que abracei com o maior AMOR DO MUNDO!
















22 de setembro de 2015

PARTICIPAÇÃO JORNAL DA BAND...MATÉRIA EXIBIDA EM 21/09/2015 NO DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO DA DOENÇA DE ALZHEIMER!
MARAVILHOSA MATÉRIA,COM MINHAS PESSOINHAS QUERIDAS !
Clique aqui e Assistam a Matéria na Integra!



19 de setembro de 2015

DIA MUNDIAL DA DOENÇA DE ALZHEIMER


"AME E PARTICIPE DA VIDA DE QUEM NUNCA DEIXOU DE AMAR VOCÊ!"
HOMENAGEM AOS MEMBROS E ADMINISTRADORES DO GRUPO: CUIDADORAS (ES) DA SABEDORIA DO ALZHEIMER NESTE DIA 21/09/2015 - DIA MUNDIAL DA DOENÇA DE ALZHEIMER

Clique aqui e Participe de nosso Grupo no Facebook  CUIDADORAS (ES) DA SABEDORIA DO ALZHEIMER  







13 de março de 2015

91 ANOS MAIS UM ANINHO DO PAPAI!!!

COMEMORAMOS O ANIVERSÁRIO DO PAPAI DIA 
13 DE MARÇO DE 2015!
Mais um aniversário conosco, isto é muito gratificante, ele parece que sabia tudinho e estava muito Felizzz neste dia...Olhem só!



PAI EU AMO MUITO O SENHOR!
MEU HERÓI E EXEMPLO DE FORÇA!!





7 de fevereiro de 2015

PAPAI NO  CASAMENTO DA NETA CAMILA!
Em 07/02/2015 Minha Linda Mãezinha entrou com a Noiva na Igreja e Eu: Terezinha conduzi meu Paizinho até o Altar, onde fora cumprimentado pelos noivos de forma muito carinhosa e emocionante!!!









24 de setembro de 2014

8 de agosto de 2014

MINHA HOMENAGEM AO MEU PAI!
 ...Hoje com 90 Aninhos e Portador de Alzheimer!!!
 Pai , eu te amo e sei que este amor nasceu e vai durar pra sempre...
Você que bem sei, não tem encontrado somente flores em sua caminhada...
Mas Graças à Deus , você é cheio força de vontade, de fé e esperanças...
Precisaria de muitos onténs com você, para viver o hoje sem você...Te Amo!!!
Sempre tive tudo o que lhe pedi, mas gostaria que você soubesse que:
-A minha diversão predileta é sempre ter você perto de mim...
Meu Pai, você me levou em seus braços quando era criança...
Chegou o momento de eu levá-lo...
Sei que ás vezes você tem a sensação de que estamos muito distantes, mas saiba que não há distância e não há tempo capaz de me fazer sentir longe de você...
Pai, mesmo se um dia meus pensamentos não fizerem o que mais  gosta, meu coração vai continuar fazendo o que mais ama:
AMAR VOCÊ!!!
No dia que minha lágrima  cair de saudades, vou ter absoluta certeza, que um dia Amei você!


Com carinho: Terezinha Aparecida Silva

29 de maio de 2014

A VOCÊS !!!!

Ola
Resolvi hoje postar aqui como esta o estado de Saúde de meu Paizinho, o qual informo com todo o carinho que ele esta muito bem, embora com algumas mudanças...
Hoje praticamente passa a maior parte do tempo acamado, suas pernas já não obedecem mais suas vontades!
Se alimenta muito bem, mas deixo claro que, se nada oferecer a ele...dificilmente percebe...
Mudamos totalmente algumas situações para que sua estada em nossa família, tenha mais qualidade, como por exemplo:
-Trouxe o para morar juntinho á mim, e minha Mamãe também, pois também precisa de cuidados especiais!!
A Alegria dele e a demonstração em sorrisos...CONTINUA!!! isto me faz Feliz!!

Pra vocês que sempre me acompanharam, que nos seguem e conhecem nossa história, senti um desejo enorme de passar isto adiante, vocês merecem!


Ahhhh, neste ano Papai completou 90 aninhos!!!


Beijus no coração


Terezinha (Filha)

23 de maio de 2013

O TEMPO PASSA!

Ola Pessoal
Já faz algum tempo, desde minha última publicação e preciso informar que tudo está bem...
Apenas sinto que algumas mudanças em relação ao estado de Saúde de meu Pai, são notáveis quanto ao decorrer dos dias...cada dia que se passa é diferente...isto é muito Bom....
Tenho notado uma certa ausência dele em alguns momentos do dia...se fechando por longas horas em um Mundinho que é só dele.
Tenho notado uma perda de peso, embora se alimente muito bem...
Suas Pernas já não conseguem mais equilibrar seu leve corpo...isto me entristece muito!
Em contrapartida, ainda conseguimos arrancar-lhe gargalhadas, fazendo-nos perceber que ele está ali e que vai ficar conosco...Isto me alegra demais!
Olha só como é verdade....Sorri com muita propriedade, assim como esta sorrindo com minha linda e adorável amiga Silvia Serafim!!!!



12 de novembro de 2012

ALZHEIMER 
Mais que remédios, família é importante no tratamento

A DOENÇA DE ALZHEIMER É UMA CONDIÇÃO CRÔNICA, INCAPACITANTE E PROGRESSIVA. MUDA A ROTINA DE TODA A FAMÍLIA – NÃO SOMENTE DO INDIVÍDUO COM A CONDIÇÃO – E A MELHOR FORMA DE LIDAR COM ESSA DOENÇA É QUE TODOS ESTEJAM ENVOLVIDOS COM O TRATAMENTO. PACIENTES E CUIDADORES SÃO OS DOIS LADOS DA mesma moeda..

“Ao contrário de outras condições, como pessoas que têm problemas cardíacos graves, que é crônico, mas não necessariamente incapacitante, a doença de Alzheimer faz que os familiares precisem estar engajados no tratamento do paciente. Isso faz que a qualidade de vida dessa pessoa se estenda por mais tempo após o início da doença e os sintomas demorem mais a evoluir”, explica Viviane Abreu, terapeuta ocupacional e presidente da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz).

O tratamento não farmacológico da doença de Alzheimer – a parte do tratamento que não envolve medicamentos, que também são importantes – é feito principalmente pelos cuidadores, ou seja, as pessoas responsáveis por não isolar o paciente com a doença dos contatos sociais (em um primeiro estágio) e de, como o próprio nome diz, cuidarem fisicamente do indivíduo quando o estágio mais grave se instalar. Mesmo quando há cuidadores pagos – como cuidadores de idosos ou enfermeiros – a família ainda é peça fundamental para lidar com a doença.


“Os indivíduos com Alzheimer caminham no sentido de perder autonomia. Os cuidadores e os familiares precisam estimular que a pessoa com a doença exercite as suas capacidades que ainda estão ativas pelo maior tempo possível. É importante também que essas pessoas não interrompam seus contatos sociais”, diz Viviane.


Tarefas instrumentais – que exigem uma maior complexidade mental, por exemplo – são algumas dessas capacidades que precisam ser exercitadas. Nesses casos, exemplifica a especialista, o cuidador precisa supervisionar para que não ocorra nenhum acidente. Outra coisa é estimular tarefas que já eram habituais e de baixa complexidade, como fazer compras em estabelecimentos comerciais próximos de casa. “Nesse caso, fazer uma lista de compras e cuidar para que as pessoas conhecidas no bairro saibam do início da doença são algumas das coisas que os familiares cuidadores podem fazer pelos pacientes”, aponta a terapeuta.


Adaptação não precisa ser traumática


É nesse ponto, o de ensinar como fazer que a doença faça parte do cotidiano dessas famílias sem que isso cause um impacto mais negativo que o necessário na rotina, que a ABRAz também foca. “O diagnóstico da Doença de Alzheimer já é impactante por si só. Aprender a lidar com essa adaptação à nova realidade pode ajudar a família a não ficar ainda mais ansiosa e estressada”, diz Viviane.


A formação de grupos de apoio, treinamentos e mesmo palestras com os diversos profissionais envolvidos com o tratamento – incluindo psicólogos, fisioterapeutas, médicos e terapeutas ocupacionais, nutricionistas, fonoaudiólogos, enfermeiros e todos da área da saúde ou envolvidos com o envelhecimento – é importante. “O tratamento do Alzheimer é multidisciplinar, envolve diversos profissionais que colaboram com familiares, cuidadores e paciente para a manutenção de sua vida inclusa e participativa na família e na comunidade, mesmo com ajuda de terceiros”, lembra a especialista.


Tratamento medicamentoso deve começar assim que a doença for diagnosticada


Viviane Abreu indica ainda que apesar de todo trabalho, envolvendo o paciente e os familiares/cuidadores, não se deve descuidar do tratamento farmacológico. O tratamento com medicamentos começa assim que a doença é diagnosticada. É importante lembrar que o Alzheimer é uma doença neurodegenerativa, ou seja, envolve morte de neurônios.


“Dois tipos de medicação, dados em conjunto, são o que protegem o cérebro de perder mais rapidamente esses neurônios. Primeiro as medicações que agem sobre a manutenção da acetilcolina – neurotransmissor envolvido com a memória – e em segundo lugar os medicamentos que agem sobre os neurotransmissores gaba – cuja função é ajudar nas sinapses cerebrais”, explica Viviane.


Quanto mais rápido o início do tratamento medicamentoso, maior a expectativa de manutenção e de uso no dia a dia das funções cognitivas e por mais tempo. A reversão da doença, entretanto, ainda não é possível.


Mais informações

Para quem quiser se informar mais sobre o assunto e não pode participar dos grupos de apoio, a ABRAz está promovendo, gratuitamente, durante este ano, seis encontros virtuais, com a participação sempre de um cuidador familiar, um profissional da área de saúde e um médico, que permitem que o internauta faça perguntas e interaja com a equipe.

Após o evento, o programa continua acessível na internet para aqueles que não puderam estar presentes. Hoje, 21/9, às 21 horas, o tema a ser debatido será justamente Equipe Multidisciplinar. O site para acesso é www.cuidadoresnaweb.com.br.

===> Leia mais: http://www.oqueeutenho.com.br/11200/familia-deve-se-envolver-no-tratamento-da-doenca-de-alzheimer.html#ixzz2C19QUU5m

13 de março de 2012

PAI PARABÉNS PELO SEU ANIVERSÁRIO!
PAI, hoje o Sr. esta completando mais um ano de vida, e só posso dizer uma coisa aprendi a amá-lo mais ainda, oferecendo e dando-lhe todo o meu carinho, amor, presença...e sentindo meu coração mais leve por saber que nunca desisti do Sr., embora as circunstâncias fizessem de tudo para que isto acontecesse! 
Te amo demaiiiiss meu Pai...posso dizer isto com toda a certeza de meu coração!

12 de janeiro de 2012

UMA HISTÓRIA DE VIDA

MÃE ANIVERSÁRIO: 04/03 e PAI ANIVERSÁRIO: 13/03
“ Viver é sempre dizer aos outros que eles são importantes.
Que nós os amamos, porque um dia eles se vão e ficaremos com a impressão de que não os amamos o suficiente.“
Chico Xavier (Tiago Leite)
      
" E..., tudo começou em meados de 2003, em um dia quando retornava com minha Mãe, de uma de suas consultas, que ela pediu-me com muita preocupação e grande doçura, que fosse tomada por mim, alguma providência quanto aos esquecimentos de memória á qual meu Pai estava atravessando e consequentemente deixava-o muito chateado com tal situação!
Atendendo ao seu pedido e sem o mesmo possuir um convênio, fiz os procedimentos necessários para estar agendando uma consulta com o Médico Geriatra através da Rede Pública.
Consegui marcar a primeira consulta para meados de Agosto de 2003."


PARTICIPAÇÃO TV RECORD - Exibição: 01/06/2011
EU E MEUS PAIS
Matéria: Alzheimer



PRAIA TUDO DE BOM



















ALZHEIMER
PRAIA PORQUE NÃO?

Ô PAI QUE IMAGEM HEIM? - NATUREZA




AGRADECIMENTO:

Obrigado á todos vocês que estão acompanhando ou vão acompanhar esta história, ela é triste, alegre, engraçada ás vezes, mas o mais importante é que além do incomodo e o não entendimento desta doença...há momentos de muito carinho e amor, desde que tenhamos a Família UNIDA e PRESENTE!

Tudo é possível quando se Ama de verdade...Não basta dizer que Ama, tem que demonstrar, participar da vida de quem se Ama e principalmente Ama-la com toda a força do coração!

Eu > Terezinha Ap. Silva